MAGNETOTERAPIA

Segundo a lenda, as propriedades dos imãs foram descobertas acidentalmente por um pastor grego chamado Magnes.

Enquanto cuidava de seu rebanho, percebeu que os pregos de ferro de suas sandálias estavam sendo atraídos por uma grande rocha por causa de alguma força desconhecida. Esta atração era tão forte que Magnes teve de usar toda sua força para livrar o pé do estranho poder. Esta rocha ficou conhecida como pedra de Magnes.


Magnes experimentou colocar pedacinhos desta rocha em suas sandálias e percebeu que podia fazer longas caminhadas, sem se cansar.

Fragmentos da rocha magnética foram usados com propósitos curativos muitos séculos antes que os gregos o fizessem.Várias culturas antigas como; os chineses, indianos, árabes, hebreus e egípcios da época das primeiras dinastias já usavam imãs.

Ainda temos mais; Aristóteles no séc. III AC; no séc. III DC o grande médico Galeno; no séc. IV DC médico e filosofo francês Marcel; no séc. VI DC Alexandre de Tralles, sec. IX IBN Sina; séc. XVI médico Paracelso... Louis Pasteur escreveu os efeitos dos imãs sobre o processo de fermentação... E por volta da metade do séc. XX o interesse pela cura magnética vem crescendo rapidamente em vários países com trabalhos e pesquisas relacionados á saúde.

A magnetoterapia está baseada em leis e princípios naturais. Seu principio fundamental não consiste em curar as enfermidades por si mesma, mas sim em potencializar os processos naturais de cura . Sua aplicação não coloca em perigo a saúde ou a vida da pessoa, e ela ainda pode ser usada em combinação com qualquer outro tipo de tratamento pois acelera o processo de todas as outras medicinas. É extremamente benéfica quando usada em conjunto com a acupuntura.

Mesmo sendo uma terapia simples e de fácil aplicação não devemos dispensar a experiência do terapeuta para saber qual o polo do imã correto ( norte ou sul) e em quais pontos eles devem ser utilizados.

Além do uso de magnetos com outra maneira natural para recuperar e manter a saúde, é o uso diário da água magnetizada.A ação do campo magnético torna a água mais diurética e energizada, ela tem a facilidade de drenar do organismo os resíduos tóxicos e gorduras impregnadas. Os magnetos quebram a tensão molecular da água, rompem a calcitas de três eixos magnéticos existentes na água deixando-a magnetizada.

A ação diurética desta água representa uma drenagem tóxica limpando profundamente o organismo.

Só temos benefícios ao ingerir diariamente água magnetizada, pois ele auxilia na manutenção e restabelecimento dos sistemas circulatório ,excretor, nervoso, hormonal e digestivo.

© 2023 por Medicina Alternativa. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • b-facebook
  • Twitter Round
  • b-googleplus